Robôs e a solidão

As pessoas costumam pensar que as gerações mais velhas não estão inseridas no mundo tecnológico, seja por dificuldade, desconhecimento ou até mesmo receio/medo. Porém, o futuro que nos espera é totalmente tecnológico e inovador. Na verdade, o futuro é agora, hoje, os robôs estão cada vez mais presentes e não são apenas os jovens que desfrutam disso.

As tecnologias são desenvolvidas para facilitar e ajudar no nosso dia a dia, ou seja, sempre têm o objetivo de acrescentar. Com este pensamento, uma empresa em Israel desenvolveu um robô proativo, com o plano de ajudar as pessoas mais velhas a não caírem na solidão e no isolamento social, que são grandes problemas da sociedade moderna.

“O objetivo da ElliQ como produto não é substituir o contato humano, é o contrário. Um dos principais objetivos do sistema é alimentar a capacidade pró-ativa, conectar pessoas a seus entes queridos ou cutucar o adulto mais velho, talvez para sair de casa e não assistir TV, sair e conhecer novas pessoas ou apenas aproveitar um dia lindo”, esclareceu Skuler, CEO da instituição responsável pela criação do robô.

A Pluginbot acredita e defende que todos possuem o direito e devem estar inseridos na era digital, principalmente se tratando da Indústria 4.0, um exemplo disso é o robô NAO, um humanoide que, através da inteligência artificial, oferece experiências únicas aos usuários. Com personalidade amigável, o pequeno humanoide é uma ótima companhia, inclusive para os idosos! Essa experiência já ocorre no hospital de Jouarre, na França, onde o robô transforma a vida dos pacientes do lar de idosos.

📷: Dmitry Kostyukov

Em paralelo ao envelhecimento da população, o mercado global de robótica aumenta e cresce substancialmente a cada ano. A Pluginbot contribui para este cenário diariamente, com uma solução inteligente que facilita a comunicação entre o homem e a máquina, além de todo o suporte de robots, IoTs e IAs. 

Comments are closed.